amor,

a gente tem que parar de procurar tanto e aceitar o que quer vir

sábado, fevereiro 02, 2019 sarita deoli 2 Comments


A verdade é que a gente sempre sabe quando o outro não tá afim. Fica frio, desinteressado, não responde, não se importa. A gente sabe. Mas a gente não aceita. Porque a gente é especial demais pra ser descartado. Não acreditamos que o outro seja capaz de nos deixar. Como ele(a) não se apaixonou por esse pessoa perfeita aqui?

A gente quer insistir, a gente quer forçar, quer berrar. (Não destrua meu ego, por favor!) Mas nada que a gente faça faz o outro gostar de nós. E aí haja interpretação a nosso favor. Ah, ele tava brincando. Que nada, ela tava querendo me ajudar. A vontade de ter alguém é superior ao nosso próprio respeito.

Engraçado porque na verdade você não tem ninguém, né? São só migalhas de sexo e, às vezes, nem isso. Se a gente botar a cabeça só um pouquinho pra funcionar, nem entende o que te mantém nessa situação. É o automático que fala mais alto: ter alguém, estar ao lado de alguém, ter o que responder quando te perguntam sobre alguém. Frases que se repetem como um radinho nas nossas mentes.

Se a gente parasse só um pouco pra sentir o presente, perceberia como é mais gostoso ficar sozinho, do que com uma presença vazia que só te coloca pra baixo. A gente tem que parar de procurar tanto e aceitar o que quer vir.

sarita deoli

📷 ≫ still loyal


2 comentários:

  1. Sim. Por isso criei minha frase de efeito em 2010, quando serviu para mostrar a sociedade para que vim: Nenhuma união vale o preço da minha liberdade...
    Bjos de fadas
    https://lulopesfada.blogspot.com

    ResponderExcluir