política,

deus tenha piedade de nós

quinta-feira, janeiro 31, 2019 sarita deoli 0 Comments


parei de falar de política. motivo: minha saúde mental.
mas diante dessa grande tragédia de brumadinho, resolvi comentar (desabafar) um pouco.
confesso que não pesquisei a fundo pois não sei o quanto suportaria, mas li o suficiente para proferir uma opinião já recorrente por aqui: a economia não só não é mais importante que o social, como não vive sem este último.
o nosso problema é tão estrutural, tão intrínseco. o dinheiro é tudo, o lucro é tudo, a imagem é tudo.
fenômenos naturais podem acontecer mas não foi o que ocorreu no caso.
são projetos barateados por todo o país porque o importante é mostrar e lucrar.
e não pensem que o culpado é quem construiu, afinal, quem se importa mais em vê construído do que bem feito? quem se importa mais em economizar o que puder? quem se importa mais em se aproveitar sempre que pode?
somos nós!
sem exceção!
eu não tô livre nem você.
é um problema social, cultural, de cabeça de gente.
vocês conseguem entender que somos sempre "meu pirão primeiro" e que deixamos nossos entes mais queridos morrer de fome? imagine o que a gente não faz com quem não é querido...
precisamos nos enxergar mais como um conjunto. o mal que faço ao outro pra me beneficiar me prejudica também. prejudica a minha alma, as pessoas que eu amo e em resumo, a mim mesmo.
flexibilizar leis ambientais? pra que? pra lucrar? e depois perder o dobro, triplo(...)?
querem tanto aumentar as penas de crimes contra seres humanos e cagam pro próprio lugar onde vivem. matam a natureza e depois são mortos por ela. e chamam de tragédia. o nome mais adequado seria causa e efeito.
é um olhar muito retilíneo. a mente não avança, não vê a frente, não reflete. isso é um problema social!
arma nenhuma vai resolver, violência nenhuma vai resolver, rigidez nenhuma vai resolver.
deus tenha piedade de nós.

sarita deoli

📷 ≫ pinterest


0 Comentários: