Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 7, 2018

Comum é diferente de normal

No livro “O poder da ação” de Paulo Vieira, há um tópico que aborda a diferença do que é normal e do que é comum. Aparentemente, são duas palavras sinônimas, mas o livro faz um comparativo surpreendente que eu nunca pude esquecer. Diante desse conceito, fiz um paralelo um pouco além do propósito inicial do autor.

Agora

Agora
Now

Logo

Considerações do filme: Julia & Julie

Julia Childs (Meryl Streep) é uma cozinheira que escreveu um livro com 524 receitas da culinária francesa para donas de casa americanas. Julie Powell (Amy Adams) é uma cidadã comum que trabalha todos os dias num emprego de telemarketing. A terapia de Julie é cozinhar e, então, ela cria um blog propondo um desafio de preparar todos as receitas do livro de Julia em 365 dias.

Você não é o último no mundo

Deito na cama
Sem nada pra fazer
Não consigo evitar
Só penso em você

Pensamentos de um morto-vivo

Chego no quarto
Abro a janela
Ligo o ventilador
Sento-me na beirada da cama

Por que eu não posso estar solteira e bem com isso?

Estar solteiro não é sinônimo de estar disponível. Por que as pessoas acham que só porque eu não estou em um relacionamento, necessariamente eu estou procurando por um?

É muita pretensão achar que uma pessoa não pode estar confortável sozinha.