feminismo,

deixe ela livre

sábado, novembro 10, 2018 sarita bruta 0 Comments



passamos a vida toda com homens cagando regras sobre o que deveríamos fazer. a gente tá fazendo um movimento pra ser livre e não pra passar a seguir novas regras impostas por novas pessoas.

entendam que estamos num processo de desconstrução e aprendendo a fazer nossas próprias escolhas. não podemos de repente nos tornar a super mulher feminista que não faz nada que possa estar atrelado ao machismo.

até porque tudo que queremos é não ter padrão!!!!! ou seja, não podemos definir um modelo de mulher feminista a se seguir. tudo que podemos é mostrar às mulheres o que elas não são obrigadas a fazer. e se elas quiserem continuar fazendo, que façam. cada um sabe os motivos que tem pra agir de determinada forma. quem somos nós pra julgar?

é contraditório que, logo nós, sempre tão julgadas, fiquemos julgando as outras. que, logo nós, que somos tão exigidas a se moldar, queramos moldar as outras. isso não tem nada a ver com feminismo.

cada uma tem seu tempo e seu direito de ser quem quiser. forçação de barra não leva o movimento a lugar nenhum. conhecimento e informação leva. demonstrar a história e o processo da nossa cultura leva. ter empatia e compreensão leva. ter amor e união uma com as outras leva.

imposição não leva. imposição é o contrário do que estamos buscando. queira ser livre, explique sobre ser livre e deixe ela livre.

sarita bruta





0 Comentários: