desenvolvimento pessoal,

quase uma geminiana

domingo, março 04, 2018 sarita bruta 0 Comments


dizem que geminianos têm dupla personalidade, né? pois bem, deve ser o meu ascendente em gêmeos que explica essa bipolaridade existente em mim, então.

eu tenho um lado ambiciosa de ser, uma vontade de ser bem sucedida, ter sucesso profissional e financeiro, viver uma vida confortável. nessa personalidade eu sou autoconfiante, eu sei que tenho capacidade e potencial para ser quem eu quiser. e eu sou, eu ajo para ser. iniciativa é o meu nome. organização, planejamento, perspicácia, criatividade, responsabilidade, determinação, são algumas das minhas grandes características a favor do perfil um.

só que quando eu tô sendo essa pessoa cheia de energia mental, vem a minha personalidade dois me perguntar "a que custo?". esse perfil é questionador, emocional, com uma sensibilidade extremamente apurada. ele nunca tá satisfeito. meu eu hippie não entende para que tanta ganância, ele tem horror ao capitalismo, se importa muito com o social. ele odeia a sociedade líquida. essa sou eu achando que tá tudo ao contrário e me perguntando o tempo inteiro o que é que essa raça de ser humano sujo veio fazer aqui.

a personalidade um e dois vivem em guerra. uma maltrata a outra de formas cruéis e a vítima sou eu.

no meio desse tiroteio, era difícil perceber o que estava acontecendo, era bala pra todo lado, eu só ficava abaixada esperando que passasse. mas todos nós sabemos que a vida nunca vai parar de atirar. um dia tive que levantar e aprender a esquivar dos disparos. por vezes, tive que contar com a ajuda de outras pessoas pra retirar os que já tinham me perfurado.

nesse embate, finalmente comecei a me desenvolver no longo caminho que é o do autoconhecimento. a vida não ficou mais fácil, mas o meu jeito de entender como me encaixar nela tem ficado muito mais leve. descobrir essas duas personalidades tão latentes e antagônicas era um dos primeiros passos para me libertar.

nessa jornada, conheci diversos mentores maravilhosos, em destaque, paulo vieira e ricardo melo. com eles eu descobri que nem o perfil um, nem o perfil dois são de todo ruins, que eu precisava apenas equilibrá-los e tirar o melhor proveito de cada um deles.

eu aprendi que você pode ser bem sucedido e ser uma pessoa de bom coração ao mesmo tempo. falando assim parece até óbvio, mas para as personalidades radicais que viviam dentro de mim era difícil visualizar isso.

como eu disse anteriormente, a vida não ficou mais fácil, mas cada dia que passa eu entendo como me encaixar melhor nela.

sarita bruta





0 Comentários: