desabafos,

chamam de sonhos

domingo, março 25, 2018 Brutamor 0 Comments


ah, o medo, ele sempre continua.
espantá-lo é tão difícil quanto deixar de ser trouxa.
me convenço que estou fazendo a melhor escolha, quando, na verdade, estou apenas optando pelo mais palpável.
mas o que está ao meu alcance é indigesto. em vez de borboletas no estômago, provoca ânsia de vômito.
por que então sigo nesse caminho?
penso ser por que não vejo pra onde caminhar, senão por onde já caminho.
eu tenho outros sonhos, sabe? mas talvez os sonhos foram feitos para ficar só no pensamento, senão não se chamariam sonhos.

sarita bruta





0 Comentários: