Pular para o conteúdo principal

Quando o amor vira um martírio




Quando você ama uma pessoa sempre quer o melhor para ela. Você quer que ela sorria e seja feliz. Então você usa as ferramentas que tem para ajudar essa determinada pessoa a alcançar o máximo de sensações boas possíveis. E isso tudo é muito lindo, é amor.

O problema é quando você começa a determinar o que é bom para a outra pessoa baseando-se nas suas crenças e ideias de felicidade. Porque cada ser humano é individual e por mais que se pareça com o outro, nunca será igual.


Se você acha que o correto é se graduar, trabalhar e pagar contas, esse é o seu – e somente seu – estilo de vida, não significa que deva também ser o do seu parceiro, do seu filho ou do seu amigo. O que você acredita e como você vive pertence a você! Realizar cobranças para que o próximo faça o mesmo desgasta o relacionamento de uma maneira irreversível.

O passo mais avançado desse comportamento é a obsessão, que é quando você vigia cada passo da outra pessoa para atestar de que ela está cumprindo exatamente o que você espera. Qualquer falha ou erro cometido perante o modelo ideal de comportamento humano criado pela sua mente é motivo de confusão, decepção, frustração...

E o amor que era tão lindo, vira um inferno para o obcecado e para sua vítima. Não existe mais paz, só a ânsia do segundo fugir pra bem longe do primeiro. E aí, já não é mais amor, é posse, é ego, é vazio existencial.

Claramente uma pessoa dessa não está bem consigo mesma. Ela passa tanto tempo se preocupando com o amado, que esquece de cuidar de si. E se o outro também não estiver bem com ele mesmo, ficará preso a esse relacionamento doentio, enquanto um serve de peso morto para o outro.

Cuidem de si. Quem está bem perante a si não precisa controlar ninguém, tampouco precisa ser controlado. Se amem. O outro nunca irá preencher nenhum vazio dentro de ti. No máximo vai levantar seu ego, mas isso é temporário.

O amor é companhia natural, é sentimento espontâneo, é permanente, e, ainda assim, livre. Não existe troca de favores no amor, nem relação de poder e hierarquia.

Não controle, vigie ou suborne em nome do amor ou você irá transformá-lo em um martírio com sucesso.


Autoria: Brutamor




*Gostou desse texto? Compartilha com seus amigos e comenta o que achou aqui embaixo!

Comentários

TOP 5 MENSAL

Memórias, apenas.

E eu que me esquecia que os pássaros eram livres
Que as raízes cresciam
Que as águas se moviam
Que as flores encantavam
Que teus risos me emocionavam
Mas agora tudo mudou
Não vejo mais pássaros, livres, voando
Nem tua boca me falando
O que eu sempre gostei de ouvir
Que as rosas que tu recebias de mim
Eram as coisas mais belas
E o belo se fez feio
O tempo não foi nosso amigo.


Miqueias Laurentino

A imagem do texto é sua?

*Gostou desse texto? Compartilha com seus amigos e comenta o que achou aqui embaixo!

Não daria certo

Acontece que eu nunca parei de pensar em você. Beijei tantas bocas e conheci tantos corpos mas, no fundo do meu cérebro sempre tinha aquela vozinha que me dizia "não é ele". E eu poderia, de pronto, elencar todos os motivos pelos quais não devemos ficar juntos. Eu ainda acho que não daria certo.

Convite pra ser adulto

Cá estou eu ouvindo minha playlist de rap no Spotify, quando começa a tocar Preta de Quebrada de Flora Matos. Tô lá eu gingando e curtindo a batida e aí surge uma parte falada da música que dizia coisas muito interessantes. Mas a voz não era de Flora... era de quem então?

Voz que ecoa

Voz é uma coisa interessante
Pode ser melodia
Ou extremamente irritante

Pode ser paz
Ou pode ser guerra

Pode ser autêntica
Ou só encenação

Transmite conhecimento
Ou cospe informação

É amor
Ou terror

Um timbre gostoso
Ou um agudo ensurdecedor

Voz marca
Na pele
Ou na alma

Autoria: Brutamor
Achei essa imagem aqui!
*Gostou desse texto? Compartilha com seus amigos e comenta o que achou aqui embaixo!

A força do querer

Nem sempre o segredo faz dar certo
Ao contrário do que todo mundo fala
Externar sua vontade pode te fazer realizar