desabafos,

pare de me cercar

segunda-feira, novembro 27, 2017 sarita bruta 0 Comments


socorro!
não aguento mais sua sombra
sua presença onipresente

sai daqui
me liberta
pares de me olhar
pares de me julgar

essa sua vigia de nada vale
minha essência será pra sempre essa
você não pode me moldar

não vê que amor que sufoca é desamor?

me permita
me deixe ser
quero brilhar
quero crescer

rédeas
ferrugem
mordaças
caça
não sou bruxa

e se bruxa for, só me ame se for com amor